8.11.11

"faz uma coisa que não faças há muito tempo"

li uma vez esta frase numa parede no bairro alto. por acaso dizia "á", sem H, mas isso agora não interessa nada até porque o erro ortográfico não tira verdade à coisa.
ontem pela primeira vez em muito tempo peguei numa partitura. num registo bem menos académico do que antes, é verdade. mas ainda assim deu-me um prazer incrível ouvir o piano, ler na pauta a melodia e ouvir a sonoridade dos acordes - ainda imperfeitos, mas tão bem dispostos.
as segundas-feiras à noite acabaram de melhorar.

2 comentários:

Poly disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Poly disse...

(...) "Há Muito Tempo"... Taí gostei! É triste como ás vezes deixamos de lado, empoeirados no armário, o que de uma forma simples e ao mesmo tempo grande nos proporcionava um enorme prazer por puro comodismo ou esquecimento... Devia ser proibido deixar de praticar coisas que antes nos faziam feliz; seja por que motivo for *-*